18.4.14

RECOMENDAÇÕES PARA UMA VIAGEM SAUDÁVEL


Estas recomendações ajudam a reduzir o estresse e o cansaço

Viagens longas podem ser muito cansativas. Estas recomendações ajudam a reduzir o estresse e o cansaço que as viagens longas podem causar:
  • Descanse o máximo e tente dormir bem na noite anterior à viagem.
  • Tirar uma soneca de 30 a 40 minutos ajuda na adaptação ao novo horário.
  • Beba muita água e sucos naturais antes e durante o voo para manter-se hidratado.
  • Consuma alimentos leves durante o voo. Evite consumir cafeína e álcool.
  • Não permaneça muito tempo numa mesma posição. Faça movimentos simples de alongamento e caminhe sempre que possível.
  • Use roupa e sapatos confortáveis.

Não permaneça muito tempo numa mesma posição
Rotações do tornozelo
Não permaneça muito tempo numa mesma posição. Faça movimentos simples de alongamento e caminhe sempre que possível.
Sentado, coloque sua mão direita atrás de suas costas tentando tocar seu ombro esquerdo
Alongue os ombros
Sentado, coloque sua mão direita atrás de suas costas tentando tocar seu ombro esquerdo. Com sua mão esquerda segure o cotovelo do braço direito, alongando suavemente para a esquerda. Mantenha essa posição por 15 segundos. Repita esse movimento com o outro braço para completar o exercício. Repita este exercício duas vezes.
Com os calcanhares apoiados no chão, levante os dedos do pé o mais alto que puder
Levante os pés
Com os calcanhares apoiados no chão, levante os dedos do pé o mais alto que puder. Permaneça nessa posição por alguns segundos e apoie o pé no chão novamente. Depois, apoiando os dedos do pé no chão, levante os calcanhares por alguns segundos e descanse.
Sentado, sem mexer os braços
Rotação de ombros
Sentado, sem mexer os braços, gire os ombros cinco vezes para frente e cinco vezes para trás. Repita este exercício no sentido contrário.
Sentado, incline-se levemente para frente e segure um joelho com as duas mãos
Levante os joelhos na altura do peito
Sentado, incline-se levemente para frente e segure um joelho com as duas mãos. Levante lentamente o joelho até o peito e permaneça nessa posição por 15 segundos. Solte o joelho e faça este exercício com a outra perna. Repita este exercício duas vezes.
Relaxe os ombros. Leve o pescoço na direção do ombro esquerdo
Rotacão de pescoço
Relaxe os ombros. Leve o pescoço na direção do ombro esquerdo. Permaneça nessa posição por alguns segundos e retorne a cabeça para o centro. Repita o movimento agora na direção do ombro direito. Permaneça nessa posição por alguns segundos. Repita este exercício três vezes.
Trombose arterial
A trombose arterial implica na formação de coágulos de sangue nas pernas. No caso de pessoas suscetíveis à trombose, períodos prolongados sem movimentos como viagens de carro, trem ou avião ou, simplesmente, ficar sentado no escritório podem aumentar o risco de formação de coágulos. Os casos em que o coágulo se solta e vai até os pulmões ou o coração podem ser fatais.
Já foram publicadas matérias sobre a relação entre a trombose arterial e as viagens aéreas. Atualmente, a Aerospace Medical Association (Associação Aeroespacial Médica) relata que não foi estabelecido nenhum vínculo direto e comprovado cientificamente entre a trombose arterial e as viagens aéreas. A Organização Mundial da Saúde planeja iniciar um estudo sobre esse assunto, mas atualmente defende a tese que o risco de sofrer uma trombose arterial durante as viagens é mínimo, exceto nos casos em que já existem fatores de risco. Determinadas informações sugerem que os exercícios mencionados combinados com algumas destas recomendações podem reduzir o risco da trombose arterial. Caso tenha alguma dúvida sobre a trombose arterial ou sua suscetibilidade a ela, consulte seu médico.

22.3.14

ALIMENTOS COZIDOS NO VAPOR SÃO MAIS SAUDÁVEIS


Você tem o hábito de comer alimentos cozidos no vapor? Saiba que esta é uma maneira muito saudável de preparar comidinhas. “Nesse tipo de preparo, o tamanho, a forma e a composição nutricional dos alimentos pouco se alteram, pois não sofrem ganhos ou perdas de água como acontece em outras formas de cocção, como a fritura e a fervura”, explica a nutricionista Ellen Yonobi, da Nutrhouse Alimentos, de Curitiba, em entrevista à revista Bons Fluidos.
As preparações ao vapor não deixam escapar vitaminas e minerais sensíveis a altas temperaturas ou que são facilmente dissolvidas em água, como o potássio encontrado em grande parte das verduras e legumes, as vitaminas do complexo B presentes em vegetais escuros, e a vitamina C achada no pimentão, na batata e no brócolis.
Atenção! Não precisa abandonar as inúmeras receitas e as dicas herdadas de suas avós. A ideia é estimular e acrescentar um novo sabor e uma nova alternativa na sua vida. Cozinhar ao vapor é mais saudável, menos calórico e prático de fazer. Quer tentar? Dê uma olhadinha nessas dicas que irão ajudá-la nas preparações dos pratos:
• Qual é a melhor panela? A vapor de inox ou a tradicional de bambu. Geralmente, as de metais são mais fáceis para limpar, mas as de bambu são mais charmosas para servir as visitas.
• E os temperos? Jogue na água louro, alecrim, tomilho, alho ou sal. Você também pode fazer um mix com todos eles. 
• Respeite o tempo de cozimento! O de legumes e verduras leva, em média, 10 minutinhos. Procure não misturar alimentos com estruturas diferentes, como batata e cenoura.

15.3.14

SUCO ROSA: TUDO SOBRE A BEBIDA SAUDÁVEL QUE POTENCIALIZA A ATIVIDADE FÍSICA EM 10 %


Nova sensação na Europa, o suco é uma boa aposta para quem quer melhorar o condicionamento físico, além de ajudar na digestão e na redução da pressão arterial. Aprenda uma receita especial desta bebida!


Depois do suco verde, o suco rosa é a nova sensação na categoria das bebidas que fazem bem para a saúde e ajudam a conquistar uma boa forma.

Composto principalmente por beterraba, ele está fazendo muito sucesso na Europa depois que pesquisas feitas nas Universidades de Exeter e de Copenhagen, na Inglaterra e na Dinamarca, respectivamente, concluíram que o suco rosa otimiza o desempenho no esporte e em atividades física entre 5 a 10 %, além de auxiliar também na recuperação dos músculos em até 10 %, diminuindo as chances de lesões após os exercícios.
Por outro lado, ele não é ótimo apenas para ajudar na prática de exercícios físicos. A beterraba tem incríveis benefícios para a saúde também.

A beterraba é um legume com grande fonte de nutrientes do óxido nítrico, que por sua vez é uma substância com a capacidade de reduzir a pressão arterial, ajuda na resistência do organismo e auxilia na digestão por ser rico em fibras. Porém, para que seja cumprida esta função é necessário o consumo in natura da beterraba. Apesar deste legume ser adocicado ao paladar, o seu suco não oferece muitas calorias, já que em 100 gramas de beterraba temos apenas 43 Kcal”, afirma a nutricionista Bianca Souza Maria, do Hospital Alvorada de Brasília.

Quer incluir o suco rosa em sua alimentação saudável ou dieta? Confira uma receita especial feita pela nutricionista, fique em forma e tenha saúde com a bebida!
Receita do Suco Rosa
Ingredientes:

- 1 beterraba pequena e lavada
- 1 pote de iogurte natural desnatado
- 1 copo (100 ml) de água gelada
- 4 morangos médios e vermelhos
- Suco de 1 laranja puro sem sementes
- Mel a gosto

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador, coe e beba assim que preparado. 

8.3.14

HIPERTENSÃO ARTERIAL (PRESSÃO ALTA)

O que é Hipertensão?

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença caracterizada pela elevação dos níveis tensionais no sangue. É uma síndrome metabólica geralmente acompanhada por outras alterações, como obesidade. Cerca de 20% da população brasileira é portadora de hipertensão, sendo que 50% da população com obesidade tem a doença. A hipertensão pode acontecer quando nossas artérias sofrem algum tipo de resistência, perdendo a capacidade de contrair e dilatar, ou então quando o volume se torna muito alto, exigindo uma velocidade maior para circular. Hoje, a hipertensão é a principal causa de morte no mundo, pois pode favorecer uma série de outras doenças.
Quando o seu coração bate, ele contrai e bombeia sangue pelas artérias para o resto do seu corpo. Esta força cria uma pressão sobre as artérias. Isso é chamado de pressão arterial sistólica, cujo valor normal é 120 mmHg (milímetro de mercúrio). Uma pressão arterial sistólica de 140 ou mais é considerada hipertensão. Há também a pressão arterial diastólica, que indica a pressão nas artérias quando o coração está em repouso, entre uma batida e outra. Um número normal de pressão arterial diastólica é inferior a 80, sendo que igual ou superior a 90 é considerada hipertensão.

Tipos

A hipertensão pode ser dividida em três estágios, definidos pelos níveis de pressão arterial. Esses números, somados a condições relacionadas que o paciente venha a ter, como diabetes ou histórico de ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL, determinam se o risco de morte cardiovascular do paciente é leve, moderado, alto ou muito alto. Além disso, quanto mais alta a pressão arterial, maior a chance de o paciente precisar usar medicamentos.
  • Estágio I: hipertensão acima de 140 por 90 e abaixo que 160 por 100
  • Estágio II: hipertensão acima de 160 por 100 e abaixo de 180 por 110
  • Estágio III: hipertensão acima de 180 por 110.

Fatores de risco

A hipertensão é herdada dos pais em 90% dos casos. Em uma minoria, a hipertensão pode ser causada por uma doença relacionada, como distúrbios da tireoide ou em glândulas endocrinológicas, como a suprarrenal. Entretanto, há vários outros fatores que influenciam os níveis de pressão arterial, entre eles:
  • Fumo
  • Consumo de bebidas alcoólicas
  • Obesidade
  • Estresse
  • Grande consumo de sal
  • Níveis altos de colesterol
  • Falta de atividade física
  • Diabetes
  • Sono inadequado
Além desses fatores de risco, sabe-se que a incidência da hipertensão aumenta com a idade. Isso porque com o passar do tempo nossas artérias começam a ficar envelhecidas, calcificadas, perdendo a capacidade de dilatar - são chamados de vasos menos complacentes. Com isso a hipertensão arterial é mais fácil de acontecer - cerca de 70% dos adultos acima dos 50 ou 60 anos possuem a doença.

Sintomas de Hipertensão

Os sintomas da hipertensão costumam aparecer somente quando a pressão sobe muito: podem ocorrer dores no peito, dor de cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal.

Diagnóstico de Hipertensão

O diagnóstico de hipertensão é feito pela medida da pressão. A forma mais comum é a medida casual, feita no consultório com aparelhos manuais ou automáticos. A hipertensão também pode ser diagnosticada por aparelhos que fazem aproximadamente 100 medidas de pressão durante 24 horas.

Tratamento de Hipertensão

A hipertensão não tem cura, mas tem tratamento para ser controlada. Somente o médico poderá determinar o melhor método para cada paciente, que depende das comorbidades e medidas da pressão. É importante ressaltar que o tratamento para hipertensão nem sempre significa o uso de medicamentos- mas se estes forem indicados, a pessoa deve aderir ao tratamento e continuar a tomá-lo mesmo que esteja se sentindo bem. Mas mesmo para quem faz uso de medicação é imprescindível adotar um estilo de vida saudável:
  • Manter o peso adequado, se necessário, mudando hábitos alimentares
  • Não abusar do sal, utilizando outros temperos que ressaltam o sabor dos alimentos                      
  • Praticar atividade física regular
  • Aproveitar momentos de lazer
  • Abandonar o fumo
  • Moderar o consumo de álcool
  • Evitar alimentos gordurosos
  • Controlar o diabetes e outras comorbidades.
Getty ImagesMedir a pressão constantemente ajuda no controle da doença

Complicações possíveis

As principais complicações da hipertensão são Acidente Vascular Cerebral, por infarto agudo do miocárdio ou doença renal crônica. Além disso, a hipertensão pode levar a uma atrofia do músculo do coração, causando arritmia cardíaca. É importante ressaltar que qualquer combinação de fatores de risco é sempre muito mais grave, pois o risco das comorbidades é multiplicado. Em média, uma pessoa com hipertensão que não controla o problema terá uma doença mais grave daqui 15 anos.

Prevenção

Pessoas em idade adulta devem medir a pressão pelo menos uma vez por ano como forma de acompanhamento (a medida que vamos envelhecendo a pressão pode aumentar). Além disso, outros hábitos de vida saudáveis podem ser adotados para prevenir a hipertensão:
  • Evite ficar parado: caminhe mais, suba escadas em vez de usar o elevador
  • Diminua ou abandone o consumo de bebidas alcoólicas
  • Tente levar os problemas do dia a dia de maneira mais tranquila
  • Mantenha o peso saudável: procure um profissional de saúde e peça orientação quanto à sua alimentação
  • Tenha uma alimentação saudável
  • Diminua o sal da comida

1.3.14

CUIDADOS QUE DEVEM SER TOMADOS PELO HIPERTENSO


cuidado com a hipertensão

Para evitar agravos os cuidados devem redobrar

alimentação é o ponto mais importante e rigoroso a ser seguido por quem sofre de hipertensão (pressão alta). Com o surgimento desse mal, que envolve 23,3% da população brasileira, os riscos do aumento da doença crescem anualmente.Por isso, é bom se cuidar e a precaução é o melhor remédio.

Fique atento a essas dicas para manter uma saúde de ferro.


-Se alimente em horários pré-estabelecidos e fixos, tendo de cinco a seis refeições por dia (café da manhã, almoço, café da tarde, jantar e uma fruta nos intervalos dessas refeições).
-Consuma sempre legumes, verduras e frutas de forma bem variada. Tenha preferência pelos alimentos de coloração forte, como amarelo e verde-escuro.
-Tenha em seu cardápio sempre os alimentos que sejam ricos em fibras, isso envolve legumes, verduras, frutas, grãos e leguminosas (feijão).
-É recomendado evitar os alimentos ricos em açúcares, como refrigerantes, chocolates e doces em geral.
-O sal também deve ser evitado, onde o seu consumo se restringe a apenas o necessário, assim como também, os temperos prontos, alimentos em conserva e industrializados. Tenha preferência por ervas (orégano, salsa, cebolinha etc). As especiarias também podem ser exploradas.
-Reduza o consumo de gordura, tanto em frituras, como alimentos hidrogenados  e principalmente manteiga e margarina.
-Abstenha-se de alimentos de origem animal, prefira sempre os alimentos de origem vegetal.
- O tabaco e bebidas alcoólicas devem ficar, sem dúvida, fora do seu dia a dia. Não só por causa da hipertensão, mas por que faz mal a qualquer pessoa.
- Beba bastante água. A hidratação deve ser primordial.
- Fique atento ao peso ideal, faça regularmente a avaliação do seu índice de massa corporal. O ideal é o peso dividido pela altura ao quadrado.
consulte um médico

15.2.14

SUCO ROSA: A NOVIDADE DO MUNDO FITNESS


suco rosa

Bebida garante o bom condicionamento físico

Com uma alimentação balanceada é possível manter a saúde e o peso ideal do corpo, mas mesmo quem sabe disso as vezes acaba fugindo um pouco a regra e consome um docinho aqui, um salgadinho ali. Os alimentos que contém gordura e açúcar, podem fazer todo o esforço da academia e dos exercícios irem por água a baixo. Mas não é preciso se desesperar, basta correr atrás do prejuízo e uma receita de suco desintoxicante que está mexendo com o mundo fitness, pode ajudar e muito na hora de buscar o equilíbrio: é o suco rosa.
Os sucos desintoxicantes realmente garantem o resultado na queima de gordura e manutenção do organismo. Depois do suco verde, que virou “febre” entre o público saudável, agora chega da Europa uma nova tendência. O suco rosa, que além de ser uma delícia, é capaz de eliminar impurezas e garantir a boa forma, tudo isso com o desempenho necessário na hora dos exercícios.
O suco rosa é feito a base de beterraba, pode aumentar em até 10% o rendimento físico e quando consumido com frequência, traz um desenvolvimento significativo para os músculos. A beterraba é um legume poderoso, rica em vitaminas e muitos nutrientes que oferecem óxido nítrico, substância que reduz a pressão arterial e auxilia na resistência do corpo. Além de ser nutritivo, o suco rosa revitaliza a pele e produz um ótimo desempenho ao organismo, oferecendo tais benefícios:
-Acelera o metabolismo;
-Elimina as toxinas do organismo;
-Ajuda no emagrecimento;
-Auxilia na retenção de liquido e acaba com o edema (inchaço);
-Desenvolve todos os músculos do corpo.

8.2.14

O DIA A DIA DOS MARATONISTAS

a rotinas dos maratonistas

Atletas encaram uma rotina de muito esforço para chegar às competições

Muitas pessoas ao ver os maratonistas, pensam que eles não fazem mais nada além de correr, mas isso não é verdade. Os maratonistas são pessoas que se dedicam não só ao esporte e a saúde, mas também a casa, a família e ao trabalho. Muitos são advogados, médicos, professores e até mesmo gari, inclusive os garis podem ser considerados maratonistas já por profissão, onde chegam a correr 20 km por dia, durante o expediente de trabalho.
Esses profissionais, depois de um longo dia de trabalho, ainda tem pique para os treinos que geralmente são feitos entre o fim da tarde e a noite. Esse é o horário preferido para os treinos, já que o sol está mais fraco e a temperatura mais amena.
A alimentação é algo fundamental para os maratonistas, onde o consumo de carboidrato, ferro, fibras, cereais, vitaminas e sais minerais estão no topo da lista. A hidratação também não pode ficar de fora para quem é acostumado a correr, são consumidos até 3 litros de água ao dia, mas essa quantia também pode ser dividida entre isotônicos e sucos revigorantes.
As roupas devem ser adequadas tanto para os treinos, quanto para as provas. Tecidos leves e que não retenham muito calor ou suor, calçados confortáveis e que amorteçam o impacto ao solo, boné, óculos escuros para proteger do sol e também o protetor solar ajuda na hora de enfrentar os quilômetros a serem percorridos. Caso prefira, também vale levar um MP3 ou IPod para ouvir uma música que dê incentivo, mas na hora da prova o que vale é a atenção, onde a música pode ficar para outra ocasião. A presença de um colega de treino pode ser agradável, isso também ajuda a dar incentivo e os treinos ficam ainda mais divertidos.
Tudo tem que estar perfeito para o dia das competições, a abstinência de gorduras saturadas dias antes da prova e o repouso necessário são prioridades. O preparo e concentração nos dias que antecedem a maratona são cruciais para um bom desempenho durante a prova, vale deixar de lado até mesmo as viagens de lazer para garantir os resultados finais.
preparo para as competiçõesMas muito além de qualquer premiação, a maior satisfação que os maratonistas podem ter é garantir a saúde e a boa forma. A rotina de treinos e o preparo físico garantem uma vida mais completa e livre de doenças, inclusive aqueles que já estão em uma idade mais avançada, dizem que se sentem muito mais jovens pelo fato de manter o corpo sempre ativo e disposto.
A saúde com certeza é o maior prêmio de um maratonista!